You are currently browsing the category archive for the ‘serie sagrado’ category.

Fui a Aparecida num bate volta Campos de Jordão – Aparecida – São Paulo com minha mãe, irmã e sobrinho. Gostei, achei interessante mas aviso: fora a Basilica – enorme – não há nada mais o que ver na cidade que é apenas uma cidade do interior.

A cidade, aliás, existe por causa da fé católica que se consolidou com o aparecimento da imagem no século XVIII.  Os milagres atribuídos à representação levaram à construção de uma capela, em 1745, ao redor do qual se estabeleceram vários fiéis e os primeiros residentes. O numero de fieis cresceu tanto que em meados do século XX foi criada a nova basilica que é imensa.

Esta configura-se como o maior centro de peregrinação religiosa da América Latina, recebendo anualmente milhões de visitantes, os quais fazem do município um dos principais núcleos turísticos do Brasil. O municipío fica a 170 km de São Paulo. Tem cerca de 40 mil habitantes e recebe um mundo de visitantes nas epoicas das festividades catolicas.

Anúncios

 

Na semana do aniversario de descobrimento da Baia de Todos os Santos – são 510 anos desde que foi “achada” pelo navegador Americo Vespuccio em 1 de novembro 1501 – aproveito para lembrar sobre a Igreja da Sé de Palha, no Centro de Salvador. Esta igreja simplesmente foi derrubada para dar passagem ao bonde quando o “progresso” chegou a Baia. Sobraram algumas imagens, desenhos, fotos, que estão em museu, e durante a reforma da Praça da Sé (sim, o nome ficou apesar de não ter mais igreja, nem bonde e nem ao menos ponto de ônibus) construiram o monumento da cruz caida para lembrar a derrubada não só da igreja mas do patrimonio e da memória da cidade.


As igrejas ortodoxas da Grecia não são grandes. Comparadas aos templos catolicos – especialmente as megacatedrais europeias, são apenas capelinhas. mas todas muito simpaticas como essa na Ilha de Mikonos, uma das mais badaladas ilhas do mar Egeu.

 

Não perguntem porquem os sinos dobram”. Frase de um poema famoso. Título de um livro de hemingway. Presença constante nas ilhas gregas. Mikonos, Patmos, Santorini, todas têm seus sinos. Muitos deles. Para mostrar que deus existe e que criou tudo aquilo ali. Talvez…

Fatima Dannemann

Seja um minarete, seja um campanário, as torres dos templos sempre chamam os fieis a fazer a conexão com o sagrado e apontam para o céu.
Como esta torre de uma igreja ortodoxa no Mar Egeu.

Em Agrigento, Sicilia, está um dos conjuntos arqueológicos mais impressionantes da antiguidade clássica, o Vale dos Templos, nos arredores de Agrigento, uma belissima cidade a beira-mar da ilha das tres pernas. Sete templos dedicado a importantes divindades gregas como Hera, Hercules, Vulcano, Esculápio e outros estão lá mostrando que a grandiosidade da fé do povo independe de tempo e de espaço.
O mais bem conservado é o Templo da Concordia. Mas o de Hera (foto) demonstra ter sido o mais bonito e mais importante, ficando na parte alta da colina de onde se desfruta de uma bela vista para o mar. A colonia de Agrigento data de 580 AC. O período de maior esplendor da cidade coincide com os dois primeiros séculos da sua vida: o período da democracia (471-401 a.C.), que se afirma a autoridade e a personalidade de Empedocle, ao qual se deve a retomada da atividade de edificação com a construção da maior parte dos templos.

Em meio a armas e quadros medievais, além de anjos e imagens católicas encontrei essa escultura que me lembrou Kwan Yin no Instituto Brennand em Recife. Para quem não sabe, Kwan Yin é uma antiga divindade chinesa ligada à compaixão. Para muitos, essa divindade seria, na realidade um aspecto feminino do Buda da Compaixão. Seja como for, é uma deusa bela e a imagem mostra que não importa a nacionalidade a fé do ser humano sempre será forte e ligada ao sagrado.

Ninguem que nunca tenha ido a Costa do Sauipe vai imaginar que, em meio a um complexo de lazer, exista uma capela. Pois tem. No meio da Vila Nova da Praia, uma capela bem ao jeito praieiro, semelhante a muitas que existem em aldeias e cidadezinhas a beira mar na Bahia. Bonitinha, simples e, melhor, dedicada a todas as crenças. Ecumênica, segundo explica um cartaz na entrada.

mais acessados

  • Nenhum

Fotki

Twitter

    follow me on Twitter

    Páginas

    junho 2019
    S T Q Q S S D
    « mar    
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    Anúncios