As vezes é preciso falar de Salvador. Esta bela cidade anda abandonada, anda perdendo sua identidade mas temos belos prédios e alguns lugares que merecem foto sempre

A Associação Comercial não é turística, mas é um belo prédio do Comercio, no que chamam Cidade Baixa.

Ligar Bahia ao Farol da Barra parece óbvio, mas é exatamente do Farol da Barra que eu me lembro quando falam em Salvador. È ele que eu procuro quando chego de viagem de avião ou navio. É sinonimo de Bahia.

O pequeno Forte de Santa Maria é um dos dois fortes que marcam os extremos do Porto da Barra, marco zero da cidade. O outro é o Forte de São Diogo. Santa Maria é um forte simpático, com jeito de residencia. Se eu fosse do governo, transformava em alguma coisa. Quem sabe, um cerimonial.

Os coqueiros de Itapuã foram imortalizados em música. Sobraram poucos depois que itapuã deixou de ser um bucólico bairro de veraneio para se transformar num féerico bairro com residencias e comercios. Esses coqueiros ficam em Piatã, bairro vizinho lotado de condomios fechados.

Anúncios