Fatima Dannemann

Sou contra a Ponte ligando Salvador a Ilha de Itaparica. Vai desfigurar a paisagem, vão ser gastos milhões e milhões de reais, dólares, euros que poderiam ser aproveitados em outras coisas tais como educação, saúde, moradia decente; vai arriscar a vida de milhares de trabalhadores pois é uma obra complicada. Melhor equipar o ferry-boat.

***

Uma coisa que eu não entendo é porque o ferry-boat Salvador-Bom Despacho é tão ruim. Na Europa, vai-se de um pais ao outro, e até de um continente a outro (tipo Espanha-Marrocos, Itália Tunisia, o que significa Europa-Africa) de ferry-boat. São navios grandes, seguros, confortáveis e com equipamentos de lazer.

***

Eu achei que era armação a briga de Zezé de Camargo e Luciano. Pode até nem ter sido, mas a impressão que fica é estranha. Bastou brigar, anunciar separação e no outro dia aparecem os dois chorando dizendo “oh, eu nunca vou lhe abandonar”. Parecia até letra de música brega. Seja como for, não faz diferença: eu não gosto de duplas sertanejas.

***

De mau gosto são as piadas com o ex-presidente Lula. Falta generosidade nas pessoas. Não digo chorar de pena da doença dele, mas pelo menos respeitar o momento. De pior gosto ainda é querer culpar partidos de oposição ao PT pela doença ou pelas piadas e ironias. Melhor não se manifestar do que escrever besteira nas redes sociais.

***

Falando em besteiras, João Henrique, nobre prefeito da Cidade de São Salvador da Bahia, deve estar furioso com as foto-montagens que circularam pelas redes sociais durante a semana criticando a situação de muitas ruas durante as chuvas. Algumas dessas montagens mostraram o Yellow Submarine, dos Beatles e até o prefeito nadando nas poças de lama.

***

Esta semana, o programa Bem estar, que a Globo exibe diariamente ás 10h da manhã, passou dos limites: exibiu um programa inteiro sobre implante de silicone e exibiu os tais peitos descartáveis como se fossem acessórios de moda. Os implantes deveriam servir para quem teve câncer de mama ou alguma mutilação e não ser medida de padrão de beleza.

***

Falando nisso, até para nascer, ninguém precisa mais de pai e mãe como antigamente: tudo de aluguel ou de doação. Duas novelas, aliás, vem mostrando e – de certa forma – incentivando a prática, Vida da Gente e Fina Estampa. Vai ver e por isso a humanidade está cada dia mais egoísta, materialista, e desatenta ao próximo.

***

A questão é: porque gente que quer porque quer ter filho, em vez de alugar barriga alheia, querer doação de óvulo, de espermatozóide e coisa e tal, simplesmente não adota uma criança? Várias novelas já mostraram pessoas não só adotando bebês, como até tirando crianças da rua.

***

Voltando ao Bem Estar, um dos problemas do programa são os apresentadores. Um rapaz (desculpem, mas não sei o nome dele) que sempre perde tempo em conversinhas e piadinhas com Sandra Annenberg, e uma loura com cabelo liso (coisa típica da imagem que a Globo quer passar de ser humano “perfeito”) que não dá pra convencer.

***

O Barradão faz 25 anos. Só soube disso graças aos porta-vozes extra-oficiais do VICE-toria, a TV Bahia. Pela “empolgação” de nosso representante nas séries menos favorecidas do Brasileirão, diria que a data nem sequer foi lembrada. Brincadeiras a parte, parabéns (só hoje) aos adversários. Que eles continuem sendo motivos de muita piada entre nós, torcedores do Bahia.