Quem olha alem do mar, das ribanceiras e cidades cheias de ladeiras da Costa Amalfitana descobre surpresas como varandas transadinhas onde deveria ficar o telhado das casas.

Algumas, boas para um banho de sol. Outras, dignas de uma festa dançante. Mas todas, convidativas.