tuttifrutiehortela

Há mais de 15 dias um poste de iluminação está torto e ameaçando cair na Avenida Paulo VI, Pituba, próximo ao correio. Um carro bateu no poste que desde então está escorado por ferros a espera de providências.

***

No feriadão de São João, nunca foi tão fácil andar de carro ou mesmo a pé por Salvador: ruas mais vazias, estacionamentos sobrando nos supermercados e shoppings. Dias de sonho com uma qualidade de vida que a cidade está perdendo.

***

Lindo, amplo, sofisticado, o Shopping Salvador está ficando conhecido por outras razões. Com o cabelo esquisito e roupas estranhas, os “emo” o escolheram como point. Não dá outra: é só olhar nos cantos e ver as tribos reunidas.

***

Os emos são uma tribo difícil de ser entendida. Muitos meninos “normais” não gostam deles. Eles não são punks, não são góticos (embora pareçam) e tudo para eles é intenso porque eles são “emotivos” – daí o nome.

***

Salmão? Robalo? Badejo? Não, o peixe da moda é o Agulhão Negro. Caro, mas saboroso tem sido o mais procurado em alguns restaurantes da cidade. Grelhado e acompanhado de purê de banana da terra é uma iguaria imbatível.

***

O mais difícil neste período junino foi encontrar amendoim e licor de jenipapo em alguns pontos de venda da cidade. Em vez disso, houve sobra de paçoquinha e pé de moleque industrializado. Se bobear, a tradição dança…

***

Falando em comes e bebes, bom evitar o café Feito a Grão no L2 do Shopping Salvador, menos pelos preços salgados, muito mais e principalmente pelo tratamento relapso dado pelos funcionários da casa. Lamentável.

***

Aliás, o tratamento ruim dispensado em casas comerciais de Salvador é notório. O resultado disso é que mulheres vão ao supermercado de manhã de longo e salto alto. É ridículo, claro, mas deve ser o jeito de elas serem bem tratadas.

***

Mesmo com limite de velocidade, foto-sensores e outras parafernálias em várias ruas de Salvador, tem motorista que está se lixando para multas e fiscalização e desrespeitando o sinal vermelho. É só a SET dar uma voltinha pela cidade…

***

Pior é o desrespeito contra o pedestre. Faixas apagadas, sinais que mudam no meio da travessia, carros e ônibus parando bem no lugar da travessia. Lembrete: pedestre não paga multa, mas vota. E para o ano tem eleição.

***

E a gripe suína? Mudou o nome mas continua assolando o mundo. No Brasil, especialmente no sul, a situação preocupa e até jovens, em plena vida produtiva, estão internados em estado grave.

***

Os agentes de viagem é que devem estar furiosos com o tal vírus. Gente que fazia duas ou três viagens por ano simplesmente desistiu até de ir ali em São Paulo. Como se não bastassem as ameaças do presidente da Coréia do Norte.