Parques são muitos. Mas Disneylandia, só tem uma: a de Burbank, Califórnia. Foi lá que tudo começou, inclusive as viagens que adolescentes ganham de 15 anos. A 2 horas de Los Angeles e Hollywood, a Disneylândia, hoje, é um dos menores parques com a griffe dos Estúdios Disney, mas é bastante visitado até mesmo em épocas consideradas “baixa estação”. Pode ser considerada uma espécie de “mãe” dos parques da Disney. Só depois veio o mega complexo de Orlando que, entre outros, inclui o Magic Kingdon, Animal Kingdon e Epcot Center; a Eurodisney (em Paris) e a Disney do Japão.
A Disneylândia é como se fosse vários parques em um por causa de suas áreas cada uma com um tema: frontierland (com muitos cowboys e piratas), adventureland (como se fosse uma África), Tommorrowland, Fantasyland e Toon Town. Nesta última, pode-se visitar a casa de Roger Rabbit entre outras atrações. Nas Disneylandias as atrações são parecidas, Piratas do Caribe, It’s a small world, splash mountain são algumas das mais apreciadas.
Ainda há a Main Street – rua principal – onde acontece a parada com todos os personagens da Disney. Nessa rua principal (e também em cada uma das terras e toon town) há restaurantes, lojinhas, lanchonetes, padarias, monte de atrações. Pequena ou grande, o fato é que o dia na Disneylândia passa “rapidinho”. Mesmo os adultos não hesitam em entrar nas imensas filas e brincar como se tivessem 10 anos de idade, ou de tirar fotos com Mickey e outros personagens.

Fontes e fotos: experiência e arquivo pessoais