Fofinha, risonha, branquinha como as neves do arte, a Beluga, um mamífero marinho que vive no Círculo Polar Ártico, é uma espécie altamente ameaçada de extinção por conta de caçadores de baleias. Uma das causas talvez seja porque a Beluga é dócil, capaz de conviver com humanos e até de imitar seus hábitos.
Esses animais se alimentam de peixes, lulas, crustáceos e polvos. Um animal gregário que mede até 5 metros e pesa 1,5 toneladas. Também conhecida como Baleia Branca, esse animal foi descrito pela primeira vez por Peter Simon Pallas em 1776 e é parente próxima do narval (sobre o qual falaremos em breve).