missbrasil2209

Já se foi o tempo em que concurso de Miss reunia milhares de pessoas em torcidas, festas com muito confete e serpentina, como se fosse o maior acontecimento do mundo. No último sábado, Larissa Costa, Miss Rio Grande do Norte, foi eleita Miss Brasil 2009 numa festa sem brilho, com cara de requentada, entre 27 candidatas apenas bonitinhas, nenhuma delas com o “tchan” de Marta Rocha, Vera Fisher, Yeda Vargas, Adalgisa Colombo e outras misses que marcaram época.

fe4rnandamoraismina

Bom, a festa teve erros, sim. Mas não foi exatamente a escolha da vencedora que, pelo menos esse ano, quebrou a guia rio grande do sul-minas gerais que vem marcando o concurso a vários anos. A menina potiguar é pedagoga, articulada, simpática e deu uma entrevista precisa sem excesso de louvor a Deus, como Miss Distrito Federal, ou sem “micos” como o de dar “parabens” a Airton Sena, como disse Miss Pará em sua atrapalhada entrevista. A Miss Minas Gerais, Fernanda Morais, era bonitinha e parecia esperar ganhar. Mas não ganhou.

missbrasil2009

Não foi a siliconada e plastificada Miss Brasil 2008, a gaúcha Natalia Anderle, a passar a faixa a nova miss que, segundo expert em concursos, deveria ser apontada como Miss Brasil-Universo, já que há outros concursos para eleger representantes brasileiras a outros concursos, como o Miss Mundo. Quem coroou Larissa Costa foi a Miss Universo do ano passado. Larissa recebeu 200 mil em premios e vai as Bahamas em agosto representar o Brasil no Miss Universo.

***

O evento Miss Brasil 2009 teve vários pecados. Um deles foi a inclusão do dono da Gaeta Produções entre os jurados. Para alguns observadores soou estranho. Naila Micherif mais uma vez se mostrou uma apresentadora sem sal e atrapalhada com scripts. O figurino das misses não foi dos melhores. Alguns vestidos de noite estavam bizarros e as cores dos vestidos casuais não favoreceu.
Mas, a grande façanha do Miss Brasil é resistir e sobreviver num mundo em que a Rede Globo e os realities shows transformam qualquer “mocréia” em celebridade e beldade da noite para o dia.