Fatima Dannemann

Noite de brilho e de prata
Noite de lua cheia
Noite de todas as estrelas no céu
Noite em que o mar parece um tapete de sonhos

No ar, uma música suave
No ar, apenas o perfume de flores notívagas
No ar, uma brisa mansa
e é noite
uma noite clara
abençoada pela lua cheia

A lua cheia sorri
como um bebê gorducho e bem amado,
namorados se beijam
amados distantes sonham
com o encontro ou reencontro
uma lágrima cai de mansinho no canto dos olhos…
alegria, saudade, ternura, amor…
Turbilhão de sentimentos numa noite de luar
Até fria,
mas suave como o toque de uma flauta doce…

E o brilho de prata da mãe lua
abençoa a noite…
Sonhos…
A hora de dormir não chega
A hora de dormir até chega
Mas eis que dormir sozinho é muito chato,
pensa alguem que busca a lua
nos olhos do ser amado…
E a lua sorri como um bebê gorducho,
mas é apenas uma mãe amorosa e compassiva
e o mar borbulha e quebra na areia
e a brisa beija a flor notívaga
é noite…
apenas noite…
hora de sonhar que o amor é possivel…
e o amor é…