Movimento crescendo nos shoppings da cidade: muita gente antecipando as compras de natal e evitando o sufoco de ultima hora.

***

Falando em shopping, o Iguatemi deu uma renovada. Lojas novas, restaurantes sofisticados, e um pouco menos do ar “rodoviária” de antigamente.

***

Enquanto isso, estacionamentos lotam no Shopping Salvador mas as lojas nem tanto. Sinal de que o povo que trabalha na Tancredo Neves para o carro lá. E quem compra ó…

***

O tracionalíssimo Chez Bernard foi escolhido como o melhor restaurante da cidade esse ano. Quem apostava na gastronomia contemporânea tomou um a zero.

***

A diretoria do Bom Preço precisa dar uma olhada na loja da rua Pernambuco, Pituba. Pega muito mal a reunião de funcionários desocupados falando alto bem na entrada dos pedestres.

***

Quem trabalha precisa ter momento de descanso, claro, mas não é sentado no muro. Melhor seria ter uma sala ou área para recreação.

***

Virou piada, mas ninguem mais obedece um sinal de transito. Nem motoristas, nem pedestres, mas principalmente motoqueiros e ciclistas.

 
***
 
Será neste sábado das 8 as 17 o seminário Core Energetics – desbloqueando energias – com a facilitadora Monica Borine, no Mahatma Gandhi. Informações: 9145-8933.
 
***
 
Dezembro chega trazendo, finalmente, a TV Digital a Salvador. Pior que muita gente ainda não sabe bem o que é isso.
 
***
 
Uma exposição fotográfica inusitada é o que o italiano Stefano Bottoni traz à Salvador: a exposição fotográfica Bueiros. No ICBIE – Rua Porto dos Tanheiros, 37 – Ribeira até domingo.
 
***
 
Viajar de Navio está cada vez mais na moda entre os brasileiros. Claro, afinal é como estar num resort de luxo e conhecendo o pais inteiro ao mesmo tempo.
 
***
 
Xuxa, aliás, acabou de batizar um desses palacios flutuantes que vão ficar por aqui até março: o MSC Musica, um dos mais modernos da temporada.

 
***
E a moda Celebridades + Navios continua: Roberto Justus deve gravar cenas de O Aprendiz 6 no Splendour of the Seas. Quem estiver no navio vai assistir ele dar bronca nos candidatos ao vivo e a cores.
 
***
Detalhe é que navios de hiperluxo, tipo os do Silverseas ou da Azamara Cruises, raramente aportam no Brasil… Os preços são muito caros. Para nossos humildes bolsos é apenas sonho.
 
***
Mais uma: porque nossos rios caudalosos e maravilhosos são pouco explorados pelas cias de cruzeiro como o Nilo, Reno, Danubio e outros?