Não dá para entrar na grande mesquita de Kaiouran, Tunisia, que, dizem, é o lugar mais sagrado do mundo Islâmico no Norte da Africa e teria sido fundado pelo próprio Mahome.

Mas dá para ver como é. Simples. Despojado.

Para nós, ocidentais, é impossivel entrar lá porque somos considerados “infieis”. E mesmo os mulçumanos precisam passar por alguns rituais e preparativos antes de adentrar o recinto.

Mas vale a experiencia. A energia sagrada é forte. Dá para sentir que os mulçumanos são do bem… Ah, e existem terroristas cristãos, sim. Só que a mídia não divulga.