Na Tunisia, vira e mexe encontramos referencias a Mitologia, Literatura e História Greco-Romana. Por mais que o país seja mulçumano, traços das duas maiores civilizações antigas estão presentes aqui e ali. Ulisses, segundo acreditam, teria costeado a Tunisia e Djerba seria a famosa ilha onde ele encontrou as sereias. Eneias também esteve lá e deixou desiludida a rainha dos cartagineses, Dido, que teria se matado por causa dele.

Aqui, Hamammet, um belo lugar no litoral, onde se vê o crossing-over entre as culturas mulçumanas e greco-romana. Junto as sereias de Ulisses fica a medina, construção tipica dos países mulçumanos, a cidade antiga fortificada (por sinal belissima).