By Fatima Dannemann

Eu fico imaginando aqui uma enquete… Alguem chega e pergunta para a Pirralhada bem no estilo das pegadinhas da TV:
-Você acredita em Osama Bin Laden?
– Osama Bin Laden existe?
Cá pra nós, eu sou daquelas que não acredita em Osama Bin Laden. Assim como Papai Noel, Coelhinho da Páscoa, etc, é apenas um mito. Nesse caso um mito criado por Bush para justificar a invasão do Afeganistão, e do Iraque. Um mito criado pelos americanos para explicar o inexplicável: o atentado ao Pentágono. Sim, porque todo mundo focou sua atenção nas torres gemeas, engoliu o que a imprensa disse e… ah, deixa pra lá.
Imaginei uma cena assim: chega o repórter, vestido de árabe, claro, e entrevista uma senhora, vestida tambem de árabe, é claro, e de preferencia com burka só para dar mais sensação (vai que uma delas escapou do harem e foi dar uma passeadinha em harens alheios? mulher mulçumana tambem é filha de Deus – ou de Alá). Bom ele pergunta:
– Madame, a senhora já programou suas compras de Natal?
– mas que mané Natal, nós arrabes, irraguianaz, afegãs non agrredidarr em Papai Noel…
– Mas minha zenhorra a zenhorra acredidar em Osama Bin Laden?
Ai vem as prováveis respostas:
– Olha, eu agradezerr Osama Bin Laden. Só azim eu non prezizar usar burka. Porgue amerricanaz invadiro o Afeganistão e acabarram com talibã.
– mas a senhora está de burka.
– eu zaberr, mas é zó para meu marrido non ver que eu escapuli do harrem para tomar aula de arrocha com uns baianos que aparezerram aqui…
Ou então umas criancinhas.
– Vocês pediram o que a Papai Noel?
– nadica de nada
– Mas vocês não acreditam em papai Noel?
– nem em coelhinho da páscoa…
– e em Osama Bin Laden? Vocês acreditam em Osama?
Bom, que ia ficar surrealista, sem duvida… Mas um quadro desses na TV ia ajudar a lembrar que o cristianismo não é unanimidade, que muita gente não comemora natal, não gasta rios de dinheiro comprando presentes para tres meses depois alegar que não tem dinheiro pro material escolar.